Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Arte da Simplicidade

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

A Arte da Simplicidade

25
Mai17

Solidão: Sim ou Não


Margarida

A Solidão é algo que, em geral, nos assusta. Damos-lhe por norma uma conotação negativa e associamo-la a depressão, tristeza, frustração, insucesso e maldade.

No entanto a necessidade de solidão e de tranquilidade é uma necessidade do ser humano. É no silêncio que, muitas vezes, refletimos, tomamos decisões ou nos recuperamos de um momento marcante na nossa vida (independentemente de ser "bom" ou "mau").

Estar sozinho pode até ser uma opção de vida. Quantas pessoas não casam, não têm filhos ou vivem isoladas do Mundo por vontade própria? Foi uma opção de vida como outra qualquer e que as faz sentirem-se bem. 

Algumas das melhores decisões e dos nossos momentos foram passados sozinhos. Lembram-se daquele pormenor arquitectónico que vos escapou durante dias a fio e que um dia, sozinho e descontraído, batemos com os olhos nele e nos apaixonamos?! E aquela indecisão em que estivemos mergulhados e que pedimos conselho a todos os conhecidos e só naquele momento de reflexão, a sós, conseguimos tomar a decisão necessária.

É sozinho que meditamos, que apreciamos o silêncio ou a nossa própria companhia. Porque ninguém consegue sentir-se bem se, em primeiro lugar, não estiver bem consigo próprio mesmo que o "consigo próprio" seja muitas vezes o maior dos nossos medos.  

Estar sozinho pode ser uma benção em certas alturas. Afinal o silêncio é de ouro neste Mundo tão elétrico e barulhento. 

E vocês, qual a vossa relação com o silêncio, com o estar sozinho? Fico à espera dos vossos comentários e opiniões. 

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D