Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Arte da Simplicidade

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

A Arte da Simplicidade

11
Jun17

Menus Semanais: poupar espaço, o ambiente e a carteira!


Margarida

Há já algum tempo atrás escrevi um post onde dava algumas dicas sobre como poupar a carteira e o ambiente na cozinha (para ler clique AQUI) onde falava sobre o desperdício alimentar e os alimentos que, por sairem do prazo de validade ou ficarem muito tempo no nosso frigorifico, acabavam por ser deitados fora. E tenho a dizer-vos que cá por casa era coisa que me acontecia frequentemente. 

A solução para este "problema" passou por tentar organizar um "Menu Semanal", onde passei a programr em avanço as refeições a fazer durante a semana seguinte e, a partir da qual faço a minha lista de compras. Como é óbvio se o objetivo é não desperdiçar dou sempre preferência àquilo que já tenho em casa!

Se a ideia vos parece muito estapafúrdia ao início com algum treino ela poderá passar a um indispensável da vossa organização mensal tal como foi na minha! 

As vantagens são mais que muitas: aligeira-se a conta do supermercado pois compramos apenas aquilo de que precisamos para as refeições que previmos, evitamos o desperdício alimentar pois se utilizarmos tudo o que comprámos não se estragará e seremos quase "obrigados" a cozinhar, mesmo em dias de maior preguiça o que nos permitirá poupar dinheiro e evitar comer uma qualquer refeição rápida! 

Mas calma, este menu não têm necessáriamente de ser restritivo. Muitas vezes, quando me apetece mudo as receitas por outras com ingredientes equivalentes ou troco claramente os dias se houver algo que não me apeteça de todo! 

Se, por acaso surgir um convite para jantar ou uma vontade enorme de sair, posso deixar o jantar previsto para a semana seguinte! Fácil, não?!

Se até achas que podes começar a por este plano em pratica faz uma lista com tudo o que tens nos armários e usa esses ingredientes para criar os teus menus! Vais descobrir certamente coisas que já nem te lembravas que tinhas e ainda conseguirás algumas economias imediatas com uma ida a menos ao supermercado.

Opta por refeições simples mas das quais gostes mesmo. Chegar a casa depois de um dia difícil de trabalho e ter um bacalhau espíritual programado é a mesma coisa que dizer: vou encomendar uma pizza! Sendo assim escolhe para os dias de trabalho refeições mais rápidas de fazer e deixa as mais elaboradas para os dias de fim de semana ou para quando tens visitas! Outra opção para os dias de mais cansaço passa por preparar uma das refeições quando te sentires com mais disposição e mais tempo e congela-la: assim terás qualquer coisa de saudável e bom para comer e não sairas da previsão nem desperdiçarás!

Para tornar tudo muito mais divertido podes criar uma página especial no teu "BuJo" ou procurar no pinterest entre os montes de ideias geniais de menus semanais. 

A parte má deste programa é que serás obrigado a ir às compras todas as semanas ou, no máximo, todos os 15 dias. Se a ideia é não acumular será importante não comprar coisas para muito, muito tempo! 

As vantagens deste "esforço" de criar os menús são definitivamente imensas, só custa mesmo começar! E as poupanças entre o que não se faz stock em casa, o que não se deita fora e as refeições em casa chegaram facilmente a alguns euros! 

Boa Sorte com isso! 

Margarida

 

 

6 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D