Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Arte da Simplicidade

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

A Arte da Simplicidade

03
Abr17

Fazer o que se pode com o melhor que se têm!


Margarida

Existem escolhas que fazemos em determinadas alturas da nossa vida e que, quer queiramos quer não, nos levaram a onde estamos hoje. Ele foi a escolha da escola, a escolha do curso, a escolha do emprego, a escolha de ficar em casa dos pais ou de emigrar. Todos nós fizemos escolhas que, mais ou menos, nos fizeram felizes mas, ao mesmo tempo, nos obrigaram a deixar muita coisa para trás! 

Fará este ano três anos que decidi colocar a mochila às costas e deixar a Santa Terrinha, a vida que conhecia e embarcar na aventura da emigração (e como detesto esta palavra). Para vos ser sincera nunca me arrependi da minha decisão nem em momentos mais complicados. 

Aceitei, como quem aceita outra coisa qualquer, que não poderia estar lá para ver crescer os miúdos da família, para aproveitar dos finais do dia de Verão com os amigos, para dar um abraço aos meus pais ou receber um beijinho das avós só porque sim. 

Infelizmente, ou felizmente, esta escolha fez uma certa "limpeza" no meu grupo de "amigos". Deixei de fazer parte dele... ou melhor deixei de ser de "lá" mas tendo em conta que também não sou de cá faz-me não ser de parte nenhuma.

Escolhi-me a mim em vez de escolher os outros e "pago-o" todos os dias mas o mais duro a aceitar é quando, no regresso a casa, com o coração a transbordar de saudades, e os amigos de antigamente mal nos olham nos olhos tratando-nos como meros estranhos que devem mendigar a sua atenção... seja porque "nos abandonaram" ou porque "se acha mais do que os outros". 

Mas tudo se aprende a suportar e, como em tudo, existe a coisa boa. Aqueles amigos a sério que continuam lá de pedra e cal e que tem sempre um sorriso e os braços abertos para nos receber! 

 

 

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D