Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Arte da Simplicidade

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

A Arte da Simplicidade

01
Jun17

Desafio de Junho # 3 Coisas Boas por Dia


Margarida

O Mês de Maio já lá vai assim como o Desafio sobre a Bondade! Espero que o mesmo vos tenha permitido dar mais atenção e cuidado a vós próprios em primeiro lugar, a todos aqueles que vos rodeiam e a tudo o que vêem e utilizam. Espero que este desafio vos tenha servido de motor para trazer mais bondade à vossa vida e, como a bondade se propaga, que a mesma vos encha o coração de bons sentimentos e felicidade! 

Mas como Maio já passou, e o prometido é devido, vamos iniciar Junho com um novo desafio. Desta vez um desafio que vai ao encontro da Gratidão

São inúmeras as vezes que sentimos que os nossos dias são iguais, sem sabor nem cor e que tudo o que fazemos está, de alguma forma ligado a "obrigações" ou "restrições". Especialmente numa altura em que as férias estão próximas mas que teimam em não chegar esperamos que os dias, as horas e os minutos passem depressa para podermos respirar de alívio... para depois voltarmos para a rotina dos dias que se seguem uns aos outros. 

Como também eu padeço desse mal proponho-vos um desafio que me foi "apresentado" por Martin Seligman, um cientista americano que em 1998 criou o conceito de Psicologia Positiva. 

Este exercicio, a que o Dr. Seligman e a sua equipa chamaram de "Exercício das três coisas boas" é exatamente o que vos proponho que realizem diariamente durante pelo menos uma semana durante o mês de Junho. 

A ideia é que, durante o tempo a que se proponham a realizar este exercício, escrevam todos os dias 3 coisas boas que vos aconteceram. Atenção que não é preciso que seja nada de grandiosos. Um simples "hoje encontrei a Maria que já não via há mais de 6 meses o que me deu muito prazer" pode ter o um valor importante na nossa vida como um grandioso "fui pedida em casamento" (para aqueles para quem esse pedido é quase um sonho). Em frente a cada "coisa boa" tentem responder às seguintes perguntas: "O que é que este acontecimento significa para mim?" e " como é que posso fazer com que ele se repita mais vezes?". 

A ideia é fazer uma reflexão sobre aquilo que mais nos faz felizes e, se possível, perceber como podemos organizar as coisas de forma a atrair essa felicidade para a nossa vida. Este exercício é valioso porque nos permite conhecermo-nos melhor, com os nossos desejos e vontades e melhora a nossa auto-estima e humor com a gratidão e o reconhecimento que coisas boas, mesmo que pequeninas, nos acontecem todos os dias. 

Espero que tenham todos um mês de Junho feliz! 

Ficarei feliz de ler as vossas opiniões e comentários por aqui e pelas redes sociais! 

Um grande bem-hajam a todos! 

Margarida

 

Fonte: Seligman, Martin; "S'épanouir- Pour un nouvel art du bonheur et du bien-être" Editions Belfond, 2013

 

 

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D