Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Arte da Simplicidade

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

A Arte da Simplicidade

17
Abr17

Água Floral de Lavanda: Propriedades e Benefícios


Margarida

Olá a todos caros leitores: espero que a Páscoa tenha sido bem passada, em família e com alguns excessos (mas não muitos). 

Depois do feedback positivo do post sobre o Óleo de Jojoba hoje apresento-vos outro dos produtos que fazem parte da minha rotina já há alguns meses. É um produto querido, fresco e reconfortante e dá pelo nome de Água Floral de Lavanda. 

Uma água floral, que também pode ser chamada de hidrolato, é um produto que provém da destilação do óleo essencial, neste caso o óleo de lavanda, e que mantém as propriedades do óleo com a vantagem de apresentar também os componentes que são mais inertes até à diluíção em água. 

A lavanda, ou Lavendula, vem da palavra do latim lavare que significa purificar e sua espécie mais comum é a Lavendula angistifolia oriunda da região do Mediterrâneo. 

Esta água floral é muito utilizada como ambientador e purificador de ambiente. Também há quem a utilize para pulverizar a roupa da cama antes de dormir isto devido às propriedades calmantes, relaxantes e revigorantes da planta. A sua utilização em crianças é possível uma vez que as suas propriedades estão diluídas e não puras como no caso dos óleos essenciais.

Muito utilizada pela industria cosmética, este produto pode ser utilizado em quase todos os tipos de pele (das oleosas/mistas às sensiveis) pois é um excelente hidratante e tónico facial que reduz a oleosidade, elimina o sebum e equilibra a produção do mesmo. Esta água também pode ser utilizada em casos de acne uma vez que é também um antifúngico natural. Dos seus multiplos benefícios o facto de ser um regenerante natural da pele e de a cuidar e hidratar em situações em que esta esteja mais agredida (exposição solar, pós-depilação) são mais algumas das vantagens do produto.  

A água de lavanda pode também ser utilizada nos cabelos para controlar o frisado, definir os cachos e como regulador de oleosidade. 

As possibilidades de criar os seus próprios produtos cosméticos com este ingrediente são inúmeras e os seus resultados são mais do que óbvios. 

Pessoalmente utilizo o hidrolato de lavanda como líquido para a preparação de máscaras de argila, como um substituto da água micelar na rotina da manhã (passo o algodão e limpo a pele) e como tónico na rotina da noite (borrifo uma ou duas vezes e deixo absorver pela pele). Sinceramente, e mesmo se estou a ponderar lançar-me na descoberta de novos hidrolatos é certo que a lavanda vai ficar no meu coração e na minha sala de banho.

Não se esqueçam de que, para usufruir de todas as propriedades que este produto têm a oferecer, o devem procurar em fórmula biológica.

Espero que tenham gostado do artigo e aguardo impacientemente os vossos comentários.

Margarida 

 

7 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D