Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Arte da Simplicidade

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

"Se vives de acordo com as leis da natureza, nunca serás pobre; se vives de acordo com as opiniões alheias, nunca serás rico." (Séneca)

A Arte da Simplicidade

23
Abr17

Sítios onde vale mesmo a pena ir! #Annecy- "A Veneza dos Alpes"


Margarida

Annecy é uma cidadezinha mágica que se situa na Região da Haute Savoie, em França muito muito perto dos Alpes Franceses (e das pistas de sky se esse desporto vos interessa ). 

Esta cidade é considerada por muitos como "A Veneza dos Alpes" devido à sua beleza arquitetural e ao lago junto da qual cresceu a cidade. É um paraíso para os amantes do queijo onde as tartiflettes e os fondues são reis especialmente nos meses frios. No Verão as praias fluviais e os passeios instalam-se a toda a volta do lago.

O aeroporto mais próximo (para quem vem de Portugal) é o Aeroporto de Lyon onde se pode apanhar um TGV directo para a cidade. Ideal para quem gosta de lagos, de cidades pacatas e locais bucólicos esta cidade, e toda a sua região envolvente, são sítios a descobrir. 

Deixo-vos algumas fotos para vos dar um cheirinho da magia deste sítio e do sentimento de lentidão que ali podemos conseguir.

Margarida

PB120100.JPG

PB120103.JPG

PB120110.JPG

PB120126.JPG

PB130157.JPG

 Fotos de Novembro 2016

22
Abr17

Dia da Terra: Vamos Aproveitar e Cuidar!


Margarida

A 22 de Abril comemora-se o "Dia da Terra" mas que não nos esqueçamos que esse dia simbólico deve ser todos os dias e não apenas um!

Repensemos a nossa maneira de nos relacionarmos com esta nossa "grande" casa: a nossa maneira de consumir, os nossos hábitos de vida... em resumo todas as nossas ações têm um impacto sobre ela e, na maior parte das vezes nem nos damos conta. 

E são pequenas  coisas que podemos mudar e nem nos daríamos conta... 

Ir para o trabalho a pé ou de transportes públicos, reciclar, acalmar o espírito consumista, preferir os produtos locais e de preferência biológicos ou de agricultura sustentável, respeitar os espaços verdes e as praias, procurar soluções mais rentáveis do que descartáveis, desligar os eletrodomésticos quando não são precisos... São pequenas coisas que nos podem fazer talvez perder um pouco de tempo ao início mas teremos o dobro em recompensa. 

Teremos praias limpas e belos campos para (re)descobrir que nos darão vontade de levar lá os nossos amigos, filhos ou sobrinhos... sentiremos o verdadeiro sabor dos alimentos, ajudaremos os nossos "vizinhos" do lado ao invés de consumir produtos que vêm do outro lado do Mundo oriundos de uma agricultura completamente exaustiva que ainda têm de percorrer o oceano para vir até à nossa mesa. Reencontraremos o prazer de ouvir os pássaros, de apreciar as flores e o cheiro da relva cortada... ou da terra molhada! 

A terra foi-nos deixada para viver e proteger. Está na altura de finalmente nos comprometermos nesse grande objetivo global, de o transmitirmos a todos os que estão à nossa volta: não hoje mas sempre! 

Aproveitemos este dia da Terra e façamos qualquer coisa que nos lembre de quão especial é este planeta: um passeio à beira rio, um piquenique no campo, comprar flores para a casa, limpar o lixo de uma praia ou simplesmente apreciar o Mundo pela nossa janela! Fico à espera de conhecer as vossas acções, as vossas experiências terei todo o gosto em ler os comentários e sobretudo não se esqueçam de ser felizes. Um Sábado Tranquilo para todos!

Margarida

14892040_8m0vQ.png

 

 

19
Abr17

Já parávamos com os fundamentalismos (não) esclarecidos!


Margarida

Sinto-me revoltada... e revolta não é coisa que me aconteça com demasiada frequência (exceptuando em meio laboral mas pronto: trabalho a quanto obrigas)! 

Morreu hoje uma miúda de 17 anos com sarampo, uma doença dada como práticamente irradicada à alguns anos a esta parte, e isto porque os pais eram pela "natureza" e portanto anti-vacinas. Sim, sou uma idiota por falar nisso, e uma hipócrita também: afinal também eu tento ter um estilo de vida mais natural vejam-se os meus posts sobre os cosméticos de origem 100% vegetal, a utilização do plástico e outros que tais. Mas nunca, em momento algum, deixei de tomar um medicamento só porque há uma solução natural para isso! É estúpido! Se os medicamentos existem e são eficazes, quando é preciso têm de ser tomados, assim como as vacinas. 

Esta moda de ser naturalista, bio ou outros que taís quando levada ao extremo enerva-me um bocadinho (aliás deve notar-se pelo meu tom): uma coisa é ser-se "tendencialmente" qualquer coisa outra coisa é decidirmos que a nossa opção de vida é a única e a melhor. 

Vejam-se as "modas" com o veganismo, o vegetarianismo, o paleo e outros que taís! Cada um dos defensores destes tipos de alimentação são capazes de bradar aos 4 ventos, braços no ar que a sua alimentação é a melhor de todas. Mas senhores, como em tudo há prós e contras. Sim, os produtos refinados fazem mal, mas a carne em excesso também, comer alimentos muito carregados de pesticidas faz mal mas comer demasiadas sementes também. Há prós e contras em tudo e não, não existe uma conspiração global para nos fazer comer isto ou aquilo fomos nós: e veja-se pela nossa dieta mediterrânica, que praticamente caiu em desuso, que estragamos o que tinhamos e agora tentamos resolver. 

Gente, tenhamos bom senso. Estamos na era do tudo ou nada e do "o meu é melhor do que o teu". Tentemos esclarecer-nos mas sejamos críticos connosco e com toda a informação que nos é apresentada e muito menos acompanhemos e aceitemos as opiniões alheias. Porque nenhum de nós é dono da verdade! 

Desculpem este desabafo mas a vida de uma criança perdeu-se porque, provavelmente, ninguém tentou abrir os olhos aos pais. Ou porque os pais nunca se questionaram sobre as suas opções. 

Sejamos realistas e acima de tudo critiquemos e coloquemo-nos questões. Tentemos esclarecer-nos. Só assim podemos realmente ter a vida melhor e mais saúdavel que tantas e tantas técnicas nos prometem... e que tantos livros vendem! 

 

18
Abr17

Um Sucesso na Reciclagem


Margarida

Na cidade de San Francisco, nos EUA, cada lar ou comércio dispõe de 3 contentores: um para o lixo comum, um para o lixo compostável e um para o lixo reciclável! 

Desta forma a cidade consegue uma taxa de valorização do lixo em cerca de 80%. E vocês? Qual a vossa relação com a valorização do lixo? Pessoalmente evito produzi-lo e, se o fizer, prefiro materiais recicláveis ou reutilizáveis. Quanto ao compostor, morando num apartamento ainda não consegui as opções ideias mas procuro na minha vizinha compostores públicos onde possa levar as minhas coisas e que serão depois utilizados pelas hortas comunitárias e escolares. 

Margarida

imagem: blog consommonssainement.fr

 

17
Abr17

Água Floral de Lavanda: Propriedades e Benefícios


Margarida

Olá a todos caros leitores: espero que a Páscoa tenha sido bem passada, em família e com alguns excessos (mas não muitos). 

Depois do feedback positivo do post sobre o Óleo de Jojoba hoje apresento-vos outro dos produtos que fazem parte da minha rotina já há alguns meses. É um produto querido, fresco e reconfortante e dá pelo nome de Água Floral de Lavanda. 

Uma água floral, que também pode ser chamada de hidrolato, é um produto que provém da destilação do óleo essencial, neste caso o óleo de lavanda, e que mantém as propriedades do óleo com a vantagem de apresentar também os componentes que são mais inertes até à diluíção em água. 

A lavanda, ou Lavendula, vem da palavra do latim lavare que significa purificar e sua espécie mais comum é a Lavendula angistifolia oriunda da região do Mediterrâneo. 

Esta água floral é muito utilizada como ambientador e purificador de ambiente. Também há quem a utilize para pulverizar a roupa da cama antes de dormir isto devido às propriedades calmantes, relaxantes e revigorantes da planta. A sua utilização em crianças é possível uma vez que as suas propriedades estão diluídas e não puras como no caso dos óleos essenciais.

Muito utilizada pela industria cosmética, este produto pode ser utilizado em quase todos os tipos de pele (das oleosas/mistas às sensiveis) pois é um excelente hidratante e tónico facial que reduz a oleosidade, elimina o sebum e equilibra a produção do mesmo. Esta água também pode ser utilizada em casos de acne uma vez que é também um antifúngico natural. Dos seus multiplos benefícios o facto de ser um regenerante natural da pele e de a cuidar e hidratar em situações em que esta esteja mais agredida (exposição solar, pós-depilação) são mais algumas das vantagens do produto.  

A água de lavanda pode também ser utilizada nos cabelos para controlar o frisado, definir os cachos e como regulador de oleosidade. 

As possibilidades de criar os seus próprios produtos cosméticos com este ingrediente são inúmeras e os seus resultados são mais do que óbvios. 

Pessoalmente utilizo o hidrolato de lavanda como líquido para a preparação de máscaras de argila, como um substituto da água micelar na rotina da manhã (passo o algodão e limpo a pele) e como tónico na rotina da noite (borrifo uma ou duas vezes e deixo absorver pela pele). Sinceramente, e mesmo se estou a ponderar lançar-me na descoberta de novos hidrolatos é certo que a lavanda vai ficar no meu coração e na minha sala de banho.

Não se esqueçam de que, para usufruir de todas as propriedades que este produto têm a oferecer, o devem procurar em fórmula biológica.

Espero que tenham gostado do artigo e aguardo impacientemente os vossos comentários.

Margarida 

 

14
Abr17

Objetivo Principal: Ser Feliz!


Margarida

Passamos a vida atrás de tudo e mais alguma coisa. Poupamos para um carro, uma casa, uma vida estável, ir ao restaurante da moda ou ter aquele casaco ou aquela mala. Nada contra os objetivos: estabeleço os meus e sinto-me muito mais orientada. 

Mas estabelecer objetivos não têm de significar colocar-se sobre pressão todos os dias. De vez em quando é preciso pensar positivo, deixar ir e acontecer! Não é um processo fácil, implica a sensação de se deixar "andar à deriva" e de que "se perde tempo". Mas garanto-vos, por experiência própria, de que não se perde só se ganha. 

Com 26 anos os objetivos desmedidos, a incapacidade de ter de fazer escolhas e de ter de tomar decisões nem sempre justas fizeram-me cair num burn-out onde nada fazia sentido. Os sons tornaram-se insuportáveis, a luz um pesadelo e os amigos nem vontade tinha de os ver. Tomava medicação para dormir, para acordar e para me manter acordada. Conduzir era insuportável... pior ainda tendo em conta que tinha acabado de comprar o meu primeiro carro a sério com todas as características que queria. Não aproveitei nadinha daqueles primeiros meses que deviam de ser de orgulho e satisfação. 

Deixei de procurar o Sol ou o som dos pássaros, o qual fazia parte de mim desde miúda, que sempre fui uma Maria Rapaz insuportável com manias de amazona. O Mar, essa paixão de toda a vida, fazia-me chorar. Na voz da família e no olhar dos amigos (daqueles que restaram pelo menos) vi a tristeza... e sentia-me cada dia pior e ainda por cima uma falhada! O meu orgulho estava ainda mais ferido do que o meu estado emocional. 

Como as coisas melhoraram não sei. Só sei que de um dia para o outro recuperei alguma força e coloquei mãos à obra. Primeiro obrigada pela minha consciência, depois por necessidade, redescobri o prazer do Sol, a sensação da relva fresca, o cheiro da terra molhada e o som do mar. Decidi que o meu sonho principal era ser feliz e que as minhas limitações, se as tinha, eram fruto do facto de ser humana. Decidi dedicar-me mais aos momentos do que aos bens materiais, decidi abrir asas e voar e criar uma outra vida. 

Hoje as cores e os cheiros que me envolvem fazem parte de mim... não os rejeito... agradeço-os como uma bênção. As más emoções são substituídas por outras melhores mais ou menos a custo e a minha paz interior é mais importante do que ter razão. 

Decidi que a minha missão era ser uma pessoa feliz e não uma pessoa como aquela que eu achava que devia ser! A "batalha" ainda não está ganha: se sou feliz quase sempre existem sempre uns dias negros pelo meio para me refrescar a memória. Mas a vontade está lá e é de ferro. Porque a felicidade não está no que achamos que somos mas naquilo que temos e nem percebemos. 

Margarida

(peço-vos desculpa por qualquer erro de escrita mas este texto foi criado num ato de autorreflexão e decidi não relê-lo de forma a deixá-lo o mais autêntico possível)

17799462_10207595219673460_8010485097169439763_n.j

 

13
Abr17

Criar uma Rotina Matinal para Começar o Dia em Grande


Margarida

Levantar de manhã é, para muitos de nós, uma verdadeira tortura. No meu caso, que até sou do género "madrugadora", torna-se dificil sair da cama em fases de mais stress ou de mais trabalho e isto pode acontecer por diversas razões: ou porque estamos cansados por ter adormecido tarde ou porque o sono não foi suficientemente reparador ou, simplesmente, porque não nos sentimos motivados para começar o dia. 

As consequências desta má disposição matinal vão fazer-se sentir ao longo do dia com a produtividade em baixa e a irritação e o stress em valores muito altos. 

Desta forma deixo-vos aqui algumas ideias para criar uma rotina matinal e, consequentemente, aprender a começar o dia com menos stress e maior boa disposição! 

Levantar mais cedo e não atrasar o despertador! Sim, parece uma loucura dizer isto mas, se nos forçarmos um bocadinho a levantar mais cedo de manhã teremos tempo para acordarmos de uma forma calma, a preparar o nosso café da manhã, a tomar um bom duche e a cuidar de nós e a sair de casa atempadamente, sem correrias! A diminuição do stress é garantida e o conforto na sua própria pele também!

Meditar/Estabelecer objectivos para o dia/semana: Não há necessidade de ir buscar os incensos mas, se ao acordar, nos dermos o tempo de criar um escape nas nossas preocupações e de "esvaziar" um bocadinho a mente começaremos a manhã com muito menos ansiedade. Podemos também aproveitar este momento para estabelecer os nossos objectivos para o dia ou a semana que começa sem se meter a pressão de estabelecer tarefas e datas mas sim de deixar claro que isto terá de estar cumprido. 

Fazer Desporto de Manhã: Esta prática, utilizada por homens e mulheres bem sucedidos, permite-nos começar o dia cheio de energia e relaxar o corpo e a mente. Claro que esta prática pode não ser possível de realizar todos os dias mas, pelo menos, durante o fim de semana e os dias em que temos um bocadinho mais de tempo. 

Inspirar-se: Aproveitar o tempo que ganhamos de manhã para ler, ouvir um programa de rádio ou ver um vídeo podem ser uma excelente forma de se motivar e de se inspirar para o dia que começa! 

E vocês têm alguma rotina matinal que queiram partilhar comigo ou são mais do estilo de atrasar o despertador a cada 10 minutos? Deixem as vossas opiniões nos comentários, ficarei contente de vos ler, assim como aos vossos comentários e sugestões! 

Espero que este post vos tenha agradado! 

Até Breve

Margarida

 

09
Abr17

Óleo de Jojoba e os seus Benefícios para a Pele


Margarida

Olá queridos leitores espero encontrar-vos bem e com muita boa disposição neste Domingo Solarengo!

Aproveito o post de hoje para agradecer o destaque que a querida dESarrumada me fez no Follow Friday desta semana e deixo-lhe uma montanha de beijinhos e um post sobre "Slow Beauty" e o meu óleo "xuxu", que é como quem diz, o Oleo de Jojoba

A Jojoba (Simmondsia chinensis) é um arbusto oriundo dos desertos de Mojave e Sonora (Arizona, California e México). O óleo de jojoba foi durante muitos anos conhecido apenas pelas tribos indigenas que o utilizavam no tratamento de feridas e, tendo em conta a sua resistência ao calor, na cozinha*.

Nos dias de hoje as suas maiores utilizações são a cosmética, o fabrico de velas, um composto de lubrificantes e pneus e uma aplicação nos redutores de apetite. Os possíveis efeitos medicinais da planta estão a ser estudados. 

Este óleo é considerado precioso pelo seu elevado preço e por ser oriundo de uma região muito especifíca. A colheita do grão que dá origem ao óleo é feita à mão. 

O óleo de jojoba é de cor amarela, não tem cheiro e o risco de alergias é mínimo. A sua composição é essencialmente Ceramida (cerca de 96%) e vitaminas e minerais, nomeadamente a Vitamina E e F. Por ser um óleo "seco" a sua utilização na pele do rosto e do corpo é possível e recomendada. Eu, que tenho a pele mista com tendência a oleosa utilizo-o e o meu rosto agradece! 

Deixo-vos agora com algumas utilizações do óleo de jojoba: 

- Regulador de Sebum: Este óleo, por ter uma constituição que se assemelha ao sebum da pele terá um importante efeito hidratante e ao mesmo tempo regulador do sébum natural da pele; 

- Diminuir inflamação: Pelas suas propriedades antibacterianas este óleo pode ser usado em peles acneicas com o objectivo de as limpar e purificar;

- Crescimento do Cabelo: Quando utilizado com uma boa massagem capilar o óleo de jojoba pode ajudar a regular o sébum capilar e assim ajudar na desobstrução dos folículos capilares, permitindo assim um maior crescimento dos fios de cabelo. 

- Amaciador de cabelo: Por ser extremamente hidratante este óleo pode ser utilizado como amaciador de cabelo e protege também contra as quebras; 

- Proteção dos lábios: Mais uma vez o efeito hidratante do óleo vai permitir criar uma aderência sobre a pele mantendo assim a humidade natural e protegendo os lábios; 

- Base de Barbear: Para os senhores este óleo pode funcionar como uma excelente base para barbear.

Pessoalmente utilizo o óleo de jojoba (em estado puro e de origem biológica) para "tudo e mais alguma coisa": como "creme de noite" facial, como "amaciador" quando as minhas pontas estão mesmo muito secas, como uma das bases do meu exfoliante caseiro e também como desmaquilhante quando estou em viagem. 

Espero que este artigo vos tenha feito descobrir as propriedades deste óleo vegetal. Se acabaram de chegar e a utilização de uma cosmética mais natural e sobretudo minimalista vos interessa passem os olhos pelos posts sobre a Slow Beauty e a Utilização dos Óleos como Desmaquilhantes. Para aqueles para quem o óleo de jojoba não é uma novidade ou que têm o objectivo de experimentar estou ansiosa por ler o vosso feedback em comentário. 

Até ao próximo post e um excelente final de Domingo a todos vós!

Margarida

 

 

 

 

 

Fontes:

https://www.beneficiosnaturais.com.br/oleo-de-jojoba-beneficios-para-pele-e-cabelos/

http://dieta.blog.br/oleo-de-jojoba-para-que-serve-beneficios-e-onde-comprar

http://www.ecycle.com.br/component/content/article/67/2709-oleo-vegetal-jojoba-que-e-para-serve-onde-comprar-puro-usos-hidratacao-pele-cabelo-massagem-acne-saude-beneficios-propriedades-composicao-fazer-sabao-cosmeticos-creme-quimica-nociva-parabenos-extracao.html

http://doutissima.com.br/2013/07/01/9-beneficios-do-oleo-de-jojoba-para-o-seu-corpo-7792/

 

 

*Este óleo quando ingerido puro é tóxico para o organismo e não adequado para a cozinha.  

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D